Logística

Dia do motorista: entenda por que essa data é tão importante!

0
(0)

Você sabia que, dia 25 de julho, é comemorado o Dia do Motorista? A data vem ganhando cada vez mais força em função da importância dos heróis das estradas no crescimento econômico do país.

Pensando nisso, resolvemos produzir um conteúdo especial sobre tema. Ao longo do texto vamos explorar a origem da data e a evolução da atuação desses profissionais que escoam a produção local, sendo os braços logísticos do nosso desenvolvimento. Acompanhe!

A celebração do Dia do Motorista

Diferente do Dia da Logística, que homenageia os profissionais envolvidos nas operações de toda a cadeia de suprimentos, o Dia do Motorista enaltece o especificamente o protagonismo dos caminhoneiros e demais trabalhadores da estrada no desenvolvimento nacional.

Sem eles, tanto a rotina como a qualidade de vida das pessoas seriam completamente diferentes. Afinal de contas, o transporte de carga é a modalidade profissional que desloca tudo de que precisamos para que a máquina econômica continue a girar — seja em termos de alimentação, medicamentos, matéria-prima etc.

O surgimento da data

Mas, afinal de contas, por que a celebração acontece no dia 25 de julho? Bem, a realidade é que essa data foi escolhida como uma referência ao Dia de São Cristóvão, o importante padroeiro da classe profissional.

Mais interessante ainda é a história que vincula essa figura religiosa à atuação dos heróis das estradas. Etimologicamente, Cristóvão é um termo que expressa a ideia de “aquele que carregou Cristo”. Nesse sentido, independentemente de discernimento religioso, todos entendemos que essa é uma posição de valor.

São Cristóvão foi designado como padroeiro dos motoristas por serem eles os responsáveis por carregar algo de suprema importância — os elementos necessáriospara a sustentação da sociedade moderna.

A importância do Dia do Motorista

Existem vários tipos de transporte disponíveis no mercado, cada qual com sua função e relevância. E o objetivo do 25 de julho é justamente comemorar a ética e resiliência profissional dos motoristas, responsáveis por transportar cargas e pessoas entre diferentes pontos, com segurança e comprometimento.

Além de essenciais para a continuidade econômica, eles fazem um serviço nobre para as pessoas que são diretamente influenciadas pelo seu trabalho. Um exemplo disso são os motoristas de ônibus, que carregam a pesada responsabilidade de deslocar mais de 40 vidas por um longo e sinuoso trajeto entre cidades e estados.

O mesmo vale para os caminhoneiros, sobretudo durante a pandemia — período em que tiveram sua importância para a sociedade realçada. Em seus baús, eles deslocam cargas que, literalmente, salvarão vidas, como os remédios, elementos químicos para testagem, aparelhagem médica etc.

Esse protagonismo também ganhou destaque durante as paralisações históricas da categoria, que aconteceram entre maio e junho de 2018. Com uma greve coordenada e unificada, a classe profissional evidenciou sua força e impacto, causando desdobramentos graves sobre a economia, o mercado, a indústria e a ordem social.

É nesse sentido que o Dia do Motorista vem ganhando força nos últimos anos. Mais do que nunca, a sociedade entende o valor desse profissional e seu papel na garantia de que as coisas continuem a ser como são: funcionais, harmônicas e previsíveis.

O papel do motorista no transporte de carga

Nas operações de transporte, há quem planeje, há quem negocie e há quem execute. Essa última função fica a cargo dos motoristas. É papel deles levar matérias-primas às indústrias e mercadorias aos consumidores finais — tudo isso de forma rápida e sem erros ou avarias, garantindo a satisfação dos clientes.

A atuação desses profissionais é complexa e potencialmente arriscada, visto que envolve longas jornadas em estradas perigosas, contato com motoristas imprudentes, riscos de roubo, sono ao volante etc.

Para evitar problemas como acidentes, sinistros ou extravios na carga, é preciso que seja desenvolvida uma gestão de risco bastante detalhada em conjunto com uma transportadora, gerenciadora de riscos e seguradora, contemplando os processos de monitoramento e rastreamento, a depender do tipo de carga em questão.

Ainda no quesito segurança, outro ponto importante é a adoção de uma condução responsável por parte dos motoristas. É possível observar a tendência de uma crescente conscientização sobretudo por parte dos caminhoneiros, tanto autônomos como contratados.

Esses profissionais estão adotando comportamentos cada vez mais defensivos, ajudando a preservar suas vidas e as cargas transportadas. No longo prazo, isso também reflete na economia de combustível e na redução dos gastos com manutenção.

Veja os impactos do novo coronavírus para os setores de logística e transporte. Clique no banner e baixe o e-book!

A evolução dessa atuação

No que diz respeito à evolução da atuação dos motoristas, é importante considerar os avanços dessa classe nos últimos anos. Um aspecto essencial foram as reivindicações e direitos conquistados, que tornaram a atuação mais justa, transparente e rentável por meio de dispositivos legais como a Lei do Descanso e do Pagamento Eletrônico do Frete.

Além disso, há o uso crescente da tecnologia. Atualmente, caminhoneiros e motoristas de todas as áreas utilizam recursos digitais em suas viagens, seja com soluções GPS, consumo de mídia, plataformas de trabalho ou clubes de ofertas.

Também vale destacar, aqui, que os profissionais vêm desenvolvendo uma mentalidade e performance mais estratégicas para além da vertente operacional. Entender o vínculo entre o seu comportamento e os custos que isso gera no transporte, faz com que se sobressaiam na profissão.

Inclusive, quando capacitados, esses profissionais conseguem melhorar — e muito — as operações, principalmente sob o ponto de vista da preservação da ferramenta de trabalho, gestão de frotas e eficiência das entregas. Com isso, geram a fidelização de clientes, redução de custos e ainda contribuem na consolidação de uma boa reputação para as empresas no mercado.

Por fim, cabe mencionar a mudança na percepção da sociedade sobre esses profissionais. Como destacamos anteriormente, os cenários de crise mais recentes, tanto da pandemia como da greve de 2018, serviram para evidenciar o protagonismo dessa carreira na vida de toda a população.

Gostou do nosso post especial sobre o Dia do Motorista? Então, não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais! Assim, você ajuda a difundir o significado da data e, claro, a relevância da atuação dos motoristas!

Este artigo foi útil para você? Deixe sua nota abaixo!

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Categorias: Logística , Transporte

Cadastre-se para receber as novidades

Enviaremos apenas informações relevantes